quinta-feira, 3 de novembro de 2011

TRANSFORMAR N.º 45 - ANO XIV / 2011

A ESPERANÇA COMO ESTRATÉGIA (pág. 2)
O Forum Abel Varzim quer continuar a dar o seu contributo para que os portugueses reflitam e descubram caminhos novos...
Direitos das Crianças e dos Jovens (pág. 2)
No passado Dia Mundial da Criança, duas dezenas de assinaturas, formalizaram uma Carta de Compromisso para a criação do Fórum sobre os Direitos das Crianças e dos Jovens...
«Não há palavras que descrevam o que recebe um voluntário» (pág.s 3 e 4)
Entrevista de Cristina Monteiro a Fernanda Freitas, Presidente da Comissão Nacional de Acompanhamentodo Ano Europeu da Promoção do Voluntariado
Banco de Voluntariado há 10 anos em Évora (pág. 5)
A Fundação Eugénio de Almeida, completa 10 anos a incentivar e promover a intervenção cívica, e consegue acontecer a diferença, para as pessoas que envolve em situações concretas
Embaixadores da Alegria (pág.s 6 e 7)
JMJ 2011 / MADRID - Um olhar, uma vivência e um compromisso nas JORNADAS MUNDIAIS da JUVENTUDE, que aconteceram em Madrid em Agosto de 2011. O testemunho de uma participante.
Cabo Verde - Um País Com Futuro (pág. 8)
Trinta e seis anos depois da independência, Cabo Verde é um país com indicadores sociais acima da média da região. Uma Pátria que se vai construindo...
Espaço Aberto Safende - Projeto para formar cidadãos (pág. 9)
O EAS é uma aposta no desenvolvimento local e na promoção da cidadania, num dos bairros periféricos da cidade da Praia.
«Coisas Inexplicáveis» - Um testemunho de António Alte Pinho (pag. 10)
Para uns será uma loucura. Mas quem aqui vem com olhos de ver, Cabo Verde tem todas as razões para nos fazer ficar.
«Espírito prático e mentalidade experimentada» (pág. 11)
Depoimento de Eduardo Henriques Moreira (1886-1980), figura destacada do protestantismo em Portugal, sobre o seu contacto com Abel Varzim, Pároco da Encarnação, em Lisboa (ao Chiado), e o diálogo entre "cristãos das duas escolas".
Por Um Mundo Com Mais Subsidiariedade (pág.s 12 e 13/14)
Vencer a crise com maior diálogo e controlo orçamental - A maximização do lucro não pode ser adoptada como objectivo único nem último, devendo a sua procura ser  apenas utilizada como métrica de eficiência económica e de confirmação de que os objectivos prosseguidos são desejados e justos. Artigo de A. Leite Garcia
Os Sindicatos na Encruzilhada (pág.s 14 e 15)
Chegou, porventura, o momento de os partidos políticos darem uma ajuda menos interesseira aos sindicatos, contribuindo assim, e de forma direta, para a consolidação dessa outra dimensão da democracia que é a democracia dentro do mundo do trabalho. Artigo de Artur Lemos
(clicar na imagem para abrir .pdf)
transformar_45

Sem comentários:

Enviar um comentário